Fechar
Página inicial Destaques Notícias Empresa incubada na Inbatec apresenta software na Grécia

Empresa incubada na Inbatec apresenta software na Grécia

Escrito por Flavinha Reis|DGTI | Publicado em 04/07/14 12:00 , Atualizado em 21/01/22 16:48 | Acessos: 229

A Polaris Soluções Web, empresa incubada na Inbatec/UFLA, apresentou o software de audiodescrição de imagens (AudioImagem) na 16a Conferência Internacional em Interação Humano-Computador, realizada na Grécia, no período de 22 a 27 de junho.

A empresa foi representada pelo seu sócio-proprietário e professor da UFLA,  José Monserrat Neto, que apresentou o artigo com o título “Avaliação de Usabilidade de um Sistema Web para Audiodescrição de Imagens Espacialmente Orientada Direcionado para Usuários com Deficiência Visual”.

Na ocasião, Monserrat apresentou o contexto educacional, social e tecnológico do software detalhando suas características e o seu grande diferencial. Trata-se de um sistema web independente de plataforma, o usuário com deficiência visual pode interagir com as imagens e ouvi-las, usando mousetablet para desenho, tablet de uso geral, como Ipad e Android, monitor com tela touch-screen, etc.

Pelo software, é possível demarcar áreas dentro de uma figura, descrever tais áreas associando um áudio de descrição para cada uma delas e, por fim, disponibilizar a imagem, já audiodescrita, em sites da Web. Os programas existentes atualmente são os leitores de tela, que se limitam a transformar arquivos de textos em sons. Há também alguns sites que fazem a audiodescrição da imagem como um todo. A proposta desenvolvida pelo professor permite uma audiodescrição espacialmente interativa com a figura, em que o usuário “passeia” pela imagem (mouse, tablet ou tela touch-screen) e ouve a figura e suas diversas áreas demarcadas.

Também foi apresentada no evento uma avaliação de usabilidade da tecnologia, realizada por meio de um teste de usabilidade, em que participaram 5 alunos com deficiência visual. Nesta avaliação, cada usuário realizou 12 tarefas que, para serem executadas, o usuário tinha que ouvir uma imagem. Em média, os 5 usuários completaram 70% das tarefas e ficaram muito satisfeitos com a possibilidade de interagir e ouvir as imagens. A avaliação também permitiu identificar os pontos fracos do software e indicar possíveis soluções, tais como a “linha sonora” e a “navegação direcionada”.

O projeto é apoiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) para pesquisa e desenvolvimento do software, através da constituição do núcleo ALCANCE – Núcleo de Pesquisas em Acessibilidade, Usabilidade e Tecnologia Assistiva, integrante da rede de pesquisa do Centro Nacional de Referência em Tecnologia Assistiva (CNRTA). A previsão é de que o produto esteja em processo de conclusão no final de 2015.

Com informações da empresa Polaris Soluções Web.

Amanda Castro
Assessora de Comunicação Inbatec/Nintec
comunicacao@inbatec.ufla.br