Fechar

Histórico

Escrito por Super User | Publicado em 13/01/22 17:42 , Atualizado em 02/02/22 17:04 | Acessos: 149

Histórico

A Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da Universidade Federal de Lavras, também denominada Inbatec/UFLA, em sua inauguração, era vinculada à Pró-Reitoria de Pesquisa da Universidade Federal de Lavras, constituída em termos legais como estrutura básica do Núcleo de Inovação Tecnológica – NINTEC, criado em 2007, com base na Lei de Inovação (Lei nº 10.973/2004).

Ela é o órgão institucional responsável pelo processo de incubação de empresas de base tecnológica e pelo desenvolvimento da cultura empreendedora no âmbito de atuação da UFLA, incumbida de abrigar empresas cujos produtos, processos ou serviços são gerados a partir de resultados de pesquisas aplicadas, nas quais a tecnologia representa um alto valor agregado.

A estruturação da Inbatec/UFLA alavancou-se com o apoio obtido pelo Programa Estruturador Rede de Inovação Tecnológica, fruto do Edital FAPEMIG 11/2007, – “Apoio às Incubadoras de Empresas de Base Tecnológica”, por meio do Projeto de Pesquisa “Consolidação da Incubadora da Universidade Federal de Lavras”.

Sediada no antigo prédio do Restaurante Universitário (RU) da UFLA, as reformas para as instalações físicas da Inbatec foram finalizadas em novembro de 2009. O prédio cedido pela universidade teve suas obras de reforma financiadas por recursos do Convênio nº 280/2008 celebrado entre a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SECTES), a Universidade Federal de Lavras e a Fundação de Desenvolvimento Científico e Cultural (FUNDECC), por meio do projeto “Apoio à Incubadora de Base Tecnológica – Infraestrutura física”.

A inauguração da Inbatec/UFLA ocorreu no dia 15 de dezembro de 2009 e contou com a presença do Secretário Adjunto de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SECTES), Evaldo Ferreira Vilela, além da presença do Reitor e membros da comunidade acadêmica. Esse momento demarcou o início de uma política de incentivo ao empreendedorismo inovador dentro da Universidade.

O Regimento Interno da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da UFLA foi aprovado por meio da resolução CUNI nº 025 de 02 de junho de 2010, no qual se estabeleceu a normatização da Incubadora. No regimento constam as normas de funcionamento e gestão, dispondo sobre seus fins, estrutura organizacional e disposições gerais.

Em março de 2011 a Coordenação da Inbatec/UFLA publicou a primeira chamada pública (Edital 001/2011), para a seleção de Empresas de Base Tecnológica. Foram selecionadas nove empresas nas respectivas áreas de atuação: Agronegócio, Biotecnologia, Gestão Ambiental e Tecnologia da Informação. Cabe ressaltar que o processo de incubação pode ser de até 36 meses, e que a Incubadora oferece assessorias as empresas incubadas para que as mesmas adquiram maturidade gerencial, alcançando o processo de graduação.

A cerimônia de instalação das empresas ocorreu no dia 27 de maio de 2011 e contou com a presença do Secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SECTES), deputado federal Narcio Rodrigues, da Prefeita de Lavras, Jussara Menicucci, do Reitor, Antônio Nazareno Guimarães, o Pró-Reitor de Pesquisa, Prof. Luis David Solis Murgas e do Coordenador da Inbatec, Prof. Wilson Magela Gonçalves.

A cerimônia em questão simbolizou a entrega das chaves aos representantes das empresas selecionadas para o Processo de Incubação da Inbatec/UFLA (Tbit, Mitah, Ceres, Agrofitness, Precizoo, Polaris, Olea, AnimalNutri e Hidrofoco), bem como o fortalecimento da parceria entre universidades e empresas, responsáveis pela transformação do conhecimento em soluções tecnológicas.

No dia 16 de março de 2012 ocorreu a celebração dos contratos em solenidade no anfiteatro da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da UFLA. Participaram da assinatura o Reitor da UFLA, Professor Antônio Nazareno Guimarães Mendes, o Pró-Reitor de Pesquisa, Prof. Luis David Solis Murgas, o Coordenador da Inbatec, Professor Wilson Magela Gonçalves, o Vice-Reitor, Professor José Roberto Soares Scolforo e os empreendedores das nove empresas incubadas.

O objetivo do Acordo de Cooperação é regular o apoio e o suporte oferecidos pela Inbatec às empresas incubadas, bem como definir obrigações e direitos da UFLA e dos empreendimentos. No processo de incubação, são disponibilizados às empresas estrutura física, apoio administrativo e operacional e cooperação para interação delas com a comunidade acadêmica.

Outro marco importante na trajetória da Inbatec/UFLA é a associação da mesma em entidades promotoras que representam os interesses das incubadoras de empresas, parques tecnológicos e empreendimentos inovadores. Em 22 de setembro de 2010 foi realizada a associação à ANPROTEC, Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores, e em 29 de agosto de 2011 a associação à RMI, Rede Mineira de Inovação.

No ano de 2016, a Inbatec passou a ser vinculada à Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PROEC). Assim, foi criada a Coordenadoria de Incubadora e Parque Tecnológico.

Cabe destacar que a Incubadora de Empresas de Base Tecnológica da UFLA sempre percorreu um caminho rumo à consolidação e graduação de empresas, o que permitiria lançar editais futuros para os processo de incubação, ampliando assim seu escopo de atuação junto à instituição e a comunidade de Lavras e região, tendo como visão ser referência regional como modelo de incubação de empresas de base tecnológica e agente promotor da cultura empreendedora.

A INBATEC passou por mudanças em sua estrutura administrativa interna e externa, concluiu as atividades de graduação de suas primeiras empresas e atualmente mantém dez empresas incubadas no segundo edital de seleção.

Hoje, a incubadora é vinculada ao NINTEC, que por sua vez é vinculado a Reitoria da Universidade Federal de Lavras. Em setembro de 2021, a INBATEC transferiu sua sede para o Centro de Inovação UFLA.