Fechar
Página inicial Destaques Notícias Inbatec entra em uma nova fase

Inbatec entra em uma nova fase

Escrito por Flavinha Reis|DGTI | Publicado em 06/09/16 15:00 , Atualizado em 21/01/22 16:47 | Acessos: 221

Em junho de 2016 ocorreu a reeleição do Reitor da Universidade Federal de Lavras, o professor José Roberto Scolforo e a Vice-reitora, professora Édila Vilela Von Pinho, para o quadriênio 2016-2020. Sua gestão esta sendo pautada por uma grande reestruturação interna, desde a Diretoria Executiva da Universidade até os Departamentos. Para tanto, visam contar com o apoio de toda a comunidade acadêmica (professores, técnicos-administrativos e discentes).

As mudanças já se iniciaram, sendo uma delas nas Pró Reitorias de Pesquisa (PRP) e de Extensão e Cultura (PROEC). Nesta nova gestão assumiram as Pró-Reitorias os Professores João José Granate Sá e Melo Marques, na PROEC, e Teodorico de Castro Ramalho, na PRP.

Quanto aos órgãos vinculados as duas Pró-Reitorias, anteriormente, a Incubadora de Empresas de Base Tecnológica (INBATEC) e o Parque Tecnológico de Lavras (LAVRASTEC) eram vinculados ao Núcleo de Inovação Tecnológica (NINTEC) e este, por sua vez, vinculado a PRP. Na nova estrutura administrativa, a INBATEC e o LAVRASTEC deixam de ser vinculados ao NINTEC e, consequentemente, à Pró-reitoria de Pesquisa (PRP), passando a responder diretamente à PROEC. Segundo o novo Pró-Reitor de Extensão e Cultura, professor João José, “a criação da Coordenadoria de Incubadora e Parque Tecnológico na PROEC reflete o crescimento da importância das empresas de base tecnológica na UFLA. A Pró-Reitoria de Pesquisa lidera as ações de inovações tecnológica na UFLA e, assim, NINTEC e INBATEC estavam juntos sob a administração da PRP. A partir da criação do LAVRASTEC ficou claro, contudo, que as relações das empresas de base tecnológica com a UFLA podem ser melhor caracterizadas como atividades de extensão que como atividades de pesquisa. Espera-se obviamente que essas empresas realizem pesquisa tecnológica, mas isso será realizado por elas e não pela UFLA diretamente. Por esse motivo, achou-se que a INBATEC já estava amadurecida o suficiente para passar a ser gerida pela PROEC. Assim, foi criada na PROEC a Coordenadoria de Incubadora e Parque Tecnológico sob responsabilidade do Prof. Luiz Gonzaga, que já era o gestor da INBATEC na PRP. A PROEC deve continuar gerindo diretamente a incubadora de empresas, a qual deverá crescer tanto em quantidade de empresas incubadas como em qualidade de serviços prestados. A PROEC também espera definir o modelo de gestão do Parque Tecnológico e auxiliar a elaboração dos instrumentos jurídicos que regularão as relações entre a UFLA e o LAVRASTEC. A PROEC também está preparada para atrair e divulgar o LAVRASTEC entre potenciais parceiros. Deve também ser dito que a PROEC tem consciência que a administração do LAVRASTEC deverá, assim que possível, ser transferida a terceiros (uma fundação, por exemplo), que dará ao Parque o necessário dinamismo administrativo”. Quanto ao NINTEC, este continua vinculado a PRP, seguindo com os seus trabalhos e objetivo de proteger todo o conhecimento gerado na UFLA.

Pensando em melhorias para a INBATEC e LAVRASTEC, como dito pelo Pró-Reitor de Extensão e Cultura, uma nova coordenadoria foi criada para gerenciar tais entidades. Vale lembrar que anteriormente, o professor Luiz Gonzaga de Castro Júnior atuava como Assessor de Inovação e Empreendedorismo, respondendo pelos principais órgãos de fomento ao empreendedorismo e inovação dentro da universidade, como a Agência de Inovação do Café (Inova Café), INBATEC, NINTEC e o Parque Tecnológico. Agora, com as atuais diretrizes da nova administração, o professor deixará de ser Assessor de Inovação e Empreendedorismo e passará a atuar como coordenador da INBATEC e do Parque Tecnológico de Lavras. Com tal mudança, o professor Luiz Gonzaga espera que as ações, principalmente, voltadas ao Parque Tecnológico possam ser intensificadas e melhor coordenadas, o que irá favorecer a sua efetiva implementação.

No equipe da Inbatec (da esquerda para a direita: Tayfane Coimbra, Rennan Campos, Tamis Diniz, Luiz Gonzaga e Daniela Garcia)

Além de toda a reformulação da estrutura hierárquica aonde atua a Incubadora de Empresas da UFLA, esta, também passa por reformulações internas: a INBATEC está com uma nova equipe, mais capacitada e multidisciplinar para atuar em um novo ciclo de incubação. Além disso, as atuais empresas incubadas, Agrofitness, AnimalNutri, Hidrofoco, Mitah e Tbit serão graduadas, sinalizando que estão aptas a exercerem suas atividades de maneira independente. Para estas empresas, o processo de incubação possibilitou o desenvolvimento de toda a gestão da empresa e de seu (s) produto (s), sempre pautados em tecnologia e inovação. Com isso, um novo edital para seleção de novas empresas incubadas será lançado, dando início a um novo processo de incubação, completamente reformulado, mais dinâmico e eficiente, como afirma a equipe da INBATEC; “nos preparamos, olhando para tudo que já fizemos, refletindo em cima dos erros e acertos do primeiro ciclo de incubação e, além disso, aproveitando ao máximo todas as oportunidades de cursos e capacitações oferecidas pelos nossos parceiros. O objetivo sempre foi melhorar nosso produto, o processo de incubação, para formarmos startups de qualidade, com capacidade de mudar, para melhor, o ambiente no qual estão inseridas. Acreditamos que agora, temos uma incubação de qualidade, mas ainda em constate melhoria. Lavras possui um potencial imenso e precisamos agir para criar uma identidade forte de ecossistema empreendedor, referência para outros ecossistemas e motivo de orgulho para quem já faz parte dele”.

Em breve, mais notícias sobre o lançamento do Edital de Seleção de Novas Empresas Incubadas e sobre a Cerimonia de Graduação das Empresas citadas acima serão divulgadas.